2008/05/25

The Last Shadow Puppets

Eurovisão

Alex Turner é o vocalista e guitarrista, de uma das bandas de maior sucesso dos anos 00’s, os Arctic Monkeys, Miles Kane andou pelos The Rascals e pelos The Little Flames, uma amizade de vários anos foi dando corpo aos The Last Shadow Puppets. A banda possuí uma sonoridade fortemente retro, são bem visíveis as influencias dos crooners (Scott Walker, Nick Cave, David Bowie), o universo Festival da Eurovisão está patente em todo o disco.
Os arranjos comandados por Owen Pallett, que trabalhou com Arcade Fire, Beirut e outros, dá uma roupagem muito característica ao som dos The Last Shadow Puppets. O resultado final tanto pode ser uma mistura de pop de características simples, como logo de seguida usando uma carga cinematográfica bastante intensa, nos podem conduzir ao longo de uma auto-estrada de emoções e sensações.
Na produção de The Age Of The Understatement é a London Metropolitan Orchestra, a principal responsável por todas as sumptuosas orquestrações e são eles que ao longo das varias audições, nos vão ajudar a construir imensos cenários mentais. Ao ouvir este primeiro trabalho dos The Last Shadow Puppets, viajamos sem sair do sitio, um convés de luxuoso paquete numa qualquer viagem a um país exótico (“Standing Next To Me”), um jogo de roleta rodeado de belas mulheres (“Seperate and Ever Deadly”), um baile onde o galã faz a corte a mais bela das damas (“Black Plant”) ou até mesmo aquela perigosa perseguição do 007 ao mais vil dos inimigos (“The Age Of The Understatement”).
The Last Shadow Puppets é um agradável e fresco passeio aos anos 60.

Momento Mágico: Meeting Place


The Last Shadow PuppetsThe Age Of The Understatement (2008) - Domino

3 comentários:

rita maria josefina disse...

mais uma vez assino por baixo. não sou fã dos dois outros projectos paralelos destes dois 'meninos', mas gosto muito deste 'the last shadow puppets', tem toda essa ambiência que tão bem descreveste. são bons os discos que nos fazem viajar, ainda que na sua essência/composição não nos tragam nada de muito inovador.
:)

tagg disse...

há um componente infinitamente melancólico nas canções da banda. por isso, gostei muito.

Anónimo disse...

Queria desde já dar-te os parabéns pelo comentário aos "The Last Shadow Puppets", quando gosto de um trabalho musical,que tem claramente "raízes" e inspirações noutras gerações(sou um apaixonado por músicas dos anos 60/70,desde Beatles,Rolling Stones, The Doors, Bowie, Yes, Jethro Tull, Pink Floyd, The Who...por aí fora,adoro sobretudo o Rock Progressivo ou Sinfónico), costumo pesquisar, para saber de onde partem as tais influências de estilo, e foi precisamente aqui que encontrei o melhor comentário e/ou descrição da banda, tal como as tais influências, são essas mesmo, partilho da mesma opinião.
Se me é permitido dar uma opinião(mais uma), acho o começo do " I don´t like you anymore" muito parecido com o " You lost little girl" dos The Doors.
Um abraço

Pedro Santos(Músico nas horas vagas)